4 razões para você implantar a área de direito imobiliário no seu escritório

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você tem um escritório de advocacia, saiba que é preciso diversificar suas atividades para atrair mais clientes. O direito imobiliário é um ramo muito importante, pois engloba uma grande variedade de classes processuais.

Advocacia Imobiliária

Embora quase sempre tramite na esfera cível, é uma área que tem suas próprias particularidades e, para conseguir um veredito favorável, é preciso ter muito conhecimento sobre o assunto. Já pensou em trazer para seu escritório o diferencial de ter um especialista neste ramo?

Preparamos este post para explicar as vantagens que seu escritório de advocacia terá ao ter entre seus membros alguém especializado em direito imobiliário. Continue a leitura e confira!

1. A área é muito ampla

O profissional poderá advogar em uma imensa variedade de assuntos processuais e, inclusive, trabalhar de maneira extrajudicial por meio da prestação de consultorias. Listamos algumas formas de atuação a seguir:

  • devolução de imóvel financiado e rescisão de contrato de financiamento;
  • compra e venda de imóveis, seja por meio de financiamentos ou não;
  • juros abusivos e utilização da tabela Price;
  • locação em shopping center;
  • resolução judicial ou extrajudicial de conflito envolvendo condôminos, despesas de condomínios e terceiros;
  • consultoria envolvendo compra e venda de imóvel;
  • estudo e elaboração de contratos imobiliários (compra e venda, locação, permuta, comodato, doação, etc.);
  • análise de direitos reais de garantia (como hipoteca), bem como outros que importem eventual limitação da propriedade (usufruto, uso, habitação, etc.);
  • assessoria extrajudicial para auxiliar na obtenção, emissão, retificação ou cancelamento de escrituras, certidões, registros e averbações;
  • assessoria jurídica tratando de locação residencial ou comercial, envolvendo elaboração e revisão de contratos, ações de despejo e execuções de aluguéis, e ação renovatória.

Ou seja, quem se especializa nesta área pode ter como cliente todos os lados de uma questão cujo objeto seja um imóvel: condomínios, locatários, imobiliárias, empreiteiras, bancos e outras entidades de financiamento.

É possível conquistar clientes que venham ao escritório apenas buscando orientação, por exemplo, na hora de comprar um imóvel, para saber se ele está em situação regular. Esta é a chamada consultoria jurídica e é muito importante para fazer um escritório crescer, pois apesar de, em um primeiro momento, trazer um lucro menor que a ação judicial, ela fideliza os clientes, que retornarão quando tiverem outras necessidades.

Ter conhecimentos na legislação Registros Públicos é um diferencial a mais para o advogado que trabalha com direito imobiliário. Com isso, ele poderá também prestar assessoria acerca de documentação exigida para realizar procedimentos em Cartórios de Registro de Imóveis, bem como atuar em ações de usucapião, reintegração de posse, entre outras. Estas são áreas consideradas burocráticas, em que as pessoas têm muitas dúvidas.

2. Existem poucos especialistas nesta área

Apesar de o estudo aprofundado de direito imobiliário abrir tantas possibilidades de atuação, ainda não existem muitos advogados que detêm status de especialistas no assunto; a maioria dos que pegam casos nesta área tem formação generalista e atua em todo tipo de causa cível.

Embora seja muito importante contar com profissionais versáteis em seu escritório, esta é uma área de atuação muito vasta e que pode render uma lucratividade muito alta. Portanto, é uma ótima ideia ter alguém com conhecimento específico acima da média para aumentar o número de vereditos favoráveis.

Se o seu escritório é grande, considere, inclusive, ter não somente um especialista, mas um departamento dedicado somente a assuntos desta área.

3. A demanda é grande

Conforme expusemos no primeiro tópico, o especialista em direito imobiliário tem muitas formas de atuar e é requisitado por todas as partes de um negócio imobiliário. Por isso, mesmo que o mercado de imóveis não esteja aquecido no momento, ainda haverá questões a serem resolvidas em transações que já foram feitas em meses ou anos anteriores.

Cada vez mais, as imobiliárias e os condomínios investem na contratação de assessoria jurídica especializada, principalmente para redigir contratos e conduzir contato amigável e acordos com locatários e condôminos inadimplentes, antes de partir para a via judicial. Esta tem se popularizado como uma forma de minimizar custos a longo prazo, pois costuma evitar ações que podem tramitar por vários anos e, ainda assim, serem infrutíferas.

Também tem crescido, nos últimos anos, o número de pessoas que percebe cobrança indevida em financiamentos, com cobrança de juros maiores que os previstos em contrato, e procuram um especialista para receber esclarecimentos e exigir seus direitos.

Têm sido muito comuns, ainda, as ações cujo objeto é rescisão de contrato e juros abusivos, principalmente contra empreendimentos na planta, que acabam atrasando demais para serem construídos ou cobrando taxas administrativas que não estavam previstas.

Por esses motivos, é seguro afirmar que o advogado que se especializa nesta área sempre será muito requisitado e, muitas vezes, atuará em ações judiciais de valor alto, o que quase sempre significa receber uma boa quantia em honorários.

4. Você poderá se tornar referência

Ao ter um advogado especializado em questões que muitas pessoas procuram sanar judicialmente, seu escritório rapidamente se tornará referência em sua cidade, especialmente se você vive em municípios de médio ou pequeno porte. Para os que vivem em grandes centros urbanos, é possível tornar-se referência em determinada região ou zona.

Ao cultivar a boa fama de ter um diferencial como esse, seus lucros aumentarão, pois o escritório conquistará novos clientes tanto para a área de direito imobiliário, quanto para outros tipos de ação. Afinal, muitas pessoas têm dificuldade em confiar em advogados e se baseiam em referências e boa reputação na hora de escolher quem contratar. Por isso, é fundamental se esforçar para sempre trazer novidades e ser um destaque positivo.

Todos que têm um negócio próprio desejam crescer, preferencialmente sem correr muitos riscos. Para quem é sócio em um escritório de advocacia, ter um especialista em direito imobiliário é uma ótima forma de fazê-lo!

O bom advogado precisa sempre estar em constante aprendizado. Hoje em dia, com tantas ferramentas digitais, não é difícil adquirir conhecimentos mais aprofundados sobre a maioria dos assuntos; você pode, inclusive, aperfeiçoar-se por meio de cursos online, que permitem estudar em horários flexíveis.

Quer ter sucesso na carreira de advocacia? Então seja um membro Assinante do IAPAJUS, automatize sua advocacia e tenha ganhos mensais com seu escritório. ACESSE AQUI!

Elias Evangelista

Advogado, Contabilista, Mestre em Direito Processual Coletivo, Especialista em Direito Bancário e Previdenciário, é Professor Universitário em Cursos de Graduação, Pós-Graduação e Cursos Práticos Online. Trabalhou como Coordenador em Cursos de Direito, é Sócio, Professor e Coordenador do IAPA – Instituto de Aperfeiçoamento em Práticas da Advocacia. Proprietário do Escritório “Evangelista Advocacia” e Sócio do Escritório “Proempresa Assessoria Contábil e Tributária”.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *