Marketing jurídico: tire aqui suas dúvidas

Tempo de leitura: 3 minutos

Marketing Jurídico
Marketing Jurídico – advocacia lucrativa

Se você é advogado e tem seu escritório, certamente já pensou em como realizar estratégias para alinhar o marketing jurídico e, assim, conquistar mais clientes, não é mesmo? Essa tarefa, por mais que pareça um tanto quanto complicada, pode ser feita de forma relativamente simples.

Para isso, você pode contratar uma agência de marketing para administrar a forma como você se relaciona com o seu público ou fazer um curso na área e realizar você mesmo algumas ações de menor proporção.

Pensando em ajudá-lo a ter um escritório que seja sempre lembrado pelas pessoas, elaboramos uma lista com 5 dicas sobre o marketing jurídico, para que você consiga alavancar o seu negócio. Ficou interessado? Então continue a leitura e confira!

Tenha um planejamento de marketing jurídico

Antes de iniciar as ações de marketing, é importante que seja feito um planejamento estratégico do escritório. Sair “dando tiro no escuro” pode ser um erro fatal para o seu negócio.

A ideia é que você faça um mapeamento de cenários, estudo do público, análise SWOT, entre outras ações do planejamento estratégico, para que, assim, tenha como alinhar as estratégias de marketing com os objetivos do seu negócio.

Escolha uma especialização

Não se recomenda que um advogado se posicione no mercado como alguém que “faz tudo”. Você precisa ser reconhecido como alguém que é muito bom em uma área específica, pois assim se tornará uma referência em um determinado assunto.

Escolha uma área do direito, como o de família, criminal, trabalhista, entre outras e direcione os seus estudos e divulgação de serviços para ela apenas.

Defina o cliente ideal

Quem são as pessoas que você deseja atingir? Qual é o perfil, gênero dominante, classe social, etc? Tudo isso precisa ser minuciosamente analisado para desenvolver uma campanha de marketing assertiva.

Vale lembra que, no marketing moderno, a ideia de público-alvo apenas já não é mais tão eficaz. O ideal é que sejam definidas personas, ou seja, representações semifictícias dos clientes ideais, para que assim as campanhas de marketing possam ser melhor dirigidas.

Invista no marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma metodologia que vem sendo cada vez mais utilizada por empresas dos mais diversos segmentos, substituindo, muitas vezes, grandes investimentos nas mídias de massa como o rádio e a televisão. A ideia é que, baseado nos perfis de persona traçados no planejamento estratégico, sejam desenvolvidos conteúdos na internet como artigos, infográficos, vídeos, etc.

Desse modo, as pessoas que buscam por informações sobre uma área jurídica em específico para esclarecer dúvidas, poderão encontrar o site ou blog do seu escritório e lhe procurar para que as represente em suas ações na justiça.

Tenha bons relacionamentos

Outra boa dica para fazer um excelente marketing jurídico é praticar o networking, ou seja, estar bem relacionado. Para isso, é importante que você frequente eventos como congressos e cursos na sua área, estando sempre em contato com outros nomes do meio. Ter perfis em mídias sociais de cunho profissional, como o LinkedIn, também pode ser uma boa ideia.

Se você gostou das nossas dicas sobre o marketing jurídico, acesse nossa Plataforma de Assinantes IAPA Aqui!

 

Elias Evangelista

Advogado, Contabilista, Mestre em Direito Processual Coletivo, Especialista em Direito Bancário e Previdenciário, é Professor Universitário em Cursos de Graduação, Pós-Graduação e Cursos Práticos Online. Trabalhou como Coordenador em Cursos de Direito, é Sócio, Professor e Coordenador do IAPA – Instituto de Aperfeiçoamento em Práticas da Advocacia. Proprietário do Escritório “Evangelista Advocacia” e Sócio do Escritório “Proempresa Assessoria Contábil e Tributária”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *